18.212.120.195
919 204 462Ligue Já!
Ou nós ligamos!Deixe os seus dados para contacto.
Seremos breves!
Horário - dias úteis das 9h30 às 18h30
Login
Conheça as soluções integradoras dos nossos ParceirosMarketplace
gestao-logistica

2021: as principais tendências na gestão logística

Depois de um ano que obrigou muitas empresas a repensar a sua estratégia, os seus modelos de negócio, a sua operação e a sua gestão logística, caminhamos, agora, para um ano de alguma incerteza, mas que irá, certamente, abrir portas a novos desafios e incentivar o crescimento de novas tendências na gestão logística.

A pandemia da COVID-19 obrigou à mudança e adaptação de vários hábitos dos consumidores, obrigando também o comércio e as áreas de suporte a um grande reajuste.

Para 2021, o setor da logística será um dos que poderá tirar maior proveito da evolução do mercado e dos novos hábitos, embora precise de se reinventar e adaptar à nova realidade.

Surgem assim novas tendências para o próximo ano na área da gestão logística, que se tornam, agora, pilares centrais nos planos de evolução das empresas deste setor.

Conhece principais tendências na gestão logística para 2021?

Os inesperados acontecimentos de 2020 vieram trazer uma nova realidade ao mercado e obrigaram a uma adaptação forçada do comportamento de compra dos consumidores.

Com a transição para um mundo mais fechado e marcado pelo distanciamento social, além da necessidade das compras à distância, surgiu também uma exigência maior na gestão logística para garantir o correto abastecimento das cadeias e uma excelente experiência de compra aos clientes.

Com um novo ano a começar, surgem agora as tendências da gestão logística para 2021, mostrando o caminho que este setor deverá tomar de forma a garantir uma correta adaptação às novas exigências.

Tendências da gestão logística para 2021

Cold Chain

Com a luta contra a COVID-19 a ganhar tração, começa a emergir a necessidade de transportar, com as devidas condições de frio, as vacinas que serão usadas para combate a este vírus.

Desta forma, o ano de 2021 será marcado pela evolução do Cold Chain, obrigando a logística a desenvolver estratégias para manter um controlo rigoroso da temperatura durante todo o processo. Esta evolução irá também, no futuro, beneficiar a distribuição de alimentos, medicamentos e químicos.

e-Commerce e maior agilidade nas entregas

O e-Commerce tem ganho popularidade no nosso país, sendo um método de compra cada vez mais usado. No entanto, eram ainda muitas as pessoas que resistiam fortemente a este conceito de compra, optando por adquirir os produtos em loja física.

Com o avançar da pandemia, este foi um hábito que teve obrigatoriamente de mudar para muitos consumidores, uma vez que se viram obrigados a adotar este método para adquirir os produtos que pretendiam nos momentos de isolamento.

Para fazer frente a um número cada vez maior de encomendas, a logística e as cadeias de abastecimento precisam, agora, de se adaptar a esta nova realidade, de forma a se tornarem mais ágeis e permitirem uma entrega eficiente, reduzindo os custos de entrega.

O conceito de Direct-to-Consumer começa também a ganhar valor junto do consumidor e das empresas, sendo necessário que as empresas desenvolvam processos de Last Mile, de devoluções e de integrações com tecnologias relacionadas com o e-Commerce para permitir o dropshipping ou o Direct-to-Consumer.

Foco na Sustentabilidade

Com a crescente preocupação dos consumidores pelas questões sustentáveis, este é um argumento que é cada vez mais procurado pelas empresas de forma a destacarem-se no mercado e a ganhar uma maior lealdade dos seus clientes.

O conceito de logística verde será assim destaque em 2021, levando a que sejam repensadas as embalagens e a pegada ecológica das empresas de distribuição.

5G e IoT

Os consumidores procuram agora obter cada vez mais informações sobre o processo de envio das suas encomendas, sendo cada vez mais importante a possibilidade de oferecer um correto seguimento de cada pacote.

O 5G e o IoT irão, assim, representar um papel fundamental na gestão logística ao permitir registar de forma automática a localização e estado da encomenda, mediante a utilização de pequenos sensores, códigos QR ou RFID.

Inteligência Artificial, Machine Learning, Big Data e Data Analytics

Com a captação e análise de grandes quantidades de dados, mediante Big Data e Data Analytics, é possível utilizar a Inteligência Artificial e o Machine Learning para identificar e replicar padrões e procedimentos repetitivos de forma a facilitar o trabalho manual e aumentar a eficiência do processo logístico.

Experiência de compra Omnicanal

A experiência de compra dos consumidores é hoje cada vez mais diversificada, havendo pontos de contacto com os produtos e as marcas em várias plataformas.

Vivemos, assim, numa época onde o omnicanal lidera e as empresas necessitam de estar prontas a responder com uma boa experiência de compra, independentemente do canal onde esta é feita.

O setor da logística terá, assim, de responder com um processo logístico cada vez mais afinado, permitindo rentabilizar as suas cargas e reduzir os custos de envio. Além disso, firma-se como uma das principais ligações com o cliente, o que obriga a garantir constantemente uma boa experiência de entrega junto do cliente.

Aposte na digitalização da sua cadeia de abastecimento

Se quer começar a digitalizar a sua cadeia de distribuição, o Eye Peak é a solução ideal para esse processo.

Com esta plataforma WMS, irá conseguir alcançar mais rigor e assertividade no armazenamento e distribuição de mercadorias e facilitar a gestão do seu armazém, ajudando a melhorar a sua eficiência operacional.

0 Comentários.
Mostrar comentários
Receba a newsletter com as nossas melhores histórias!