35.171.146.16
919 204 462Ligue Já!
Ou nós ligamos!Deixe os seus dados para contacto.
Seremos breves!
Horário - dias úteis das 9h30 às 18h30
Login
Conheça as soluções integradoras dos nossos ParceirosMarketplace
Digitalização da construção

É possível digitalizar o setor da Construção Civil?

2019 será um ano de oportunidades para a construção civil. Seguindo a tendência dos últimos anos, a consultora imobiliária CBRE estima que o volume de investimento em 2019 oscile entre os 2 mil e os 2,5 mil milhões de euros e o ritmo de produção na construção cresça 4%, segundo as previsões da Federação Portuguesa da Indústria de Construção e Obras Públicas (FEPICOP). São números que deixam boas perspetivas para as empresas que operam no setor e que fazem de 2019 o ano da construção e do imobiliário.

É verdade que, se por um lado, este  boom que se tem verificado na construção, tanto na reabilitação de edifícios como na nova construção, traz um mar de oportunidades, por outro, exige às empresas uma maior capacidade de resposta, de inovação e de adequação de processos. A questão que se coloca é: como é que as empresas deste setor se podem diferenciar?
 

Construção, o setor menos digitalizado do mundo

 
A transformação digital a que assistimos de forma transversal não passou completamente ao lado do setor da construção civil, mas ainda há muito por fazer no que respeita à agilidade, eficiência e digitalização de processos. A prova disso é que o setor é um dos menos digitalizados do mundo, segundo dados do McKinsey Global Institute.

A tecnologia é, sem dúvida, um dos fatores que contribuem para a competitividade das empresas de construção civil. E isto é válido tanto para as grandes empresas, como também para as pequenas e médias empresas. Aliás, para estas é ainda mais importante, para que possam crescer e tornar-se mais competitivas. 

O momento certo para investir em tecnologia

 
Este é o momento certo para inovar. Aproveitar a dinâmica de mercado atual e apostar em tecnologia traz ganhos a dois níveis:
1. Permite aumentar a eficiência dos processos, ganhar agilidade e responder com mais rapidez à dinâmica do mercado, aumentando assim a rentabilidade.

2. Prepara a empresa para a era digital que se avizinha, tornando-a competitiva e capaz de suportar com mais solidez os desafios futuros. 

Gestão integrada de toda a atividade, desde o estaleiro, até à área administrativa

 
Gerir uma obra é uma tarefa complexa, com múltiplas fases e intervenientes. Grande parte das atividades de uma empresa de construção civil ocorrem no local da obra, mas as decisões são tomadas no escritório. Por isso, é crucial que o trabalho no terreno esteja em linha com aquilo que acontece no escritório. Para que tal aconteça, precisa de uma solução de mobilidade ou um portal da obra, que lhe permita aceder à informação no terreno e registar dados em qualquer lugar.
 
Projetos longos, complexos, com múltiplos intervenientes, listas extensas de materiais e muitos trabalhos a mais tornam o setor da construção civil muito sujeito a derrapagens. Se é construtor sabe que o controlo orçamental dos projetos é essencial, apesar de difícil. Mas hoje existe tecnologia que ajuda a ter um controlo rigoroso de custos.
 
Um sistema integrado de gestão com uma área específica, desenhada para responder aos processos do setor, é uma ferramenta indispensável para assegurar  a comunicação entre os diversos intervenientes, o controlo dos tempos de execução e orçamentos, permitindo centralizar toda a informação e automatizar processos.Com um software de gestão é possível ter uma visão global dos seus projetos de construção, garantindo a disponibilização num só local e em tempo real da informação para todos os intervenientes nas várias etapas de uma obra - orçamentação, concursos, adjudicação, planeamento, stocks, área financeira, contabilidade, recursos humanos, manutenção de equipamentos, gestão de clientes e de subempreiteiros.
 
 Além disso, com um software de gestão pode extrair relatórios que permitem monitorizar o projeto em tempo real e fazer os ajustes necessários para assegurar que os objetivos e prazos são cumpridos.
 

Inovar no setor da construção civil é mais simples do que imagina

 
A ideia de inovação é muitas vezes associada a soluções disruptivas e a tecnologias sofisticadas. Contudo, a inovação não se limita a isso. A inovação inclui também adaptações, por vezes simples, em processos já existentes e que permitem gerar mais valor para a empresa e que criam condições para, por exemplo, aumentar a faturação, aceder a novos mercados, aumentar as margens de lucro ou reduzir o tempo de conclusão de uma obra. 
 
Acima de tudo, a aposta em soluções tecnológicas é também uma forma de garantir a competitividade e solidez necessárias para assegurar que as empresas estão preparadas para enfrentar as fases de retração do mercado de construção.
 
Veja o exemplo da Tecnovia, uma das maiores empresas de Construção em Portugal, que melhorou os processos de faturação e acelerou o acesso à informação nas várias geografias com a solução de gestão PRIMAVERA Construction.
Partilhar
0 Comentários.
Mostrar comentários
Receba a newsletter com as nossas melhores histórias!