3.232.129.123
919 204 462Ligue Já!
Ou nós ligamos!Deixe os seus dados para contacto.
Seremos breves!
Horário - dias úteis das 9h30 às 18h30
Login
Conheça as soluções integradoras dos nossos ParceirosMarketplace
robótica-construção-civil

Robótica: o futuro da Construção Civil

 
A Construção Civil sempre foi uma das áreas que mais resistiu às evoluções tecnológicas, mantendo a sua atividade muito tradicional, e destacando-se como um dos setores menos digitalizados do mundo, até há pouco tempo.
 
No entanto, com a diminuição da mão de obra, a necessidade de aumentar a eficiência e reduzir custos e a crescente aposta em projetos ecológicos, vemos este setor abraçar a tecnologia e preparar-se para um futuro mais automatizado.

Automatização e Robotização na Construção Civil

 
Se só mais recentemente começamos a observar inovações tecnológicas na Construção Civil, a verdade é que a automatização e a robotização começou a ser explorada há várias décadas.
 
No final dos anos 70 e durante parte dos anos 80, devido a alguns receios de falta de mão de obra, começaram-se a desenvolver no Japão, empresas como a Shimizu Corporation e a Takenaka Corporation. Empresas que apostaram em tecnologias de automação e robótica e desenvolveram robots e dispositivos de controlo remoto para transportar materiais, fazer escavações, trabalhos na terra, ao mesmo tempo que optaram por sistemas autónomos integrados de construção e pré-fabricados.
 
Embora muitas destas tecnologias não tenham tido sucesso imediato, aproveitaram-se algumas técnicas para aumentar a eficiência dos trabalhos manufaturados.
 
Quase 40 anos depois, assistimos a um novo investimento nestas áreas, com especial incidência nos Estados Unidos da América,  Japão, Reino Unido, China, Índia e Coreia do Sul.
 
Segundo estimativas da Tractica, até 2025, o mercado da robótica, na construção, pode crescer de 22.7 milhões de dólares, em 2018, para 226 milhões. Valor que se traduz num crescimento de 126.4 milhões de dólares.


Robótica e a Automatização: as novas ferramentas da Construção Civil 

 
Se até há pouco tempo a construção civil era uma das áreas menos digitalizadas, a verdade é que se começam agora a assistir a várias inovações que prometem revolucionar este setor.
 
Esta evolução surge como resposta a algumas dificuldades que o setor atravessa. Um dos principais desafios está relacionado com o mercado laboral, transversal a vários países, uma vez que começam a ser cada vez menos as pessoas disponíveis para este tipo de trabalho.
 
Depois, numa ótica mais ecológica, começa a surgir a necessidade de tornar este setor mais verde. Segundo o US Green Building Council, estima-se que 30% do lixo é proveniente da construção, valor este que a Comissão Europeia aponta, a nível global, entre os 25% e 40%.
 
Por fim, com o crescimento da população no Continente Africano e na Índia, começa também a surgir a necessidade de um grande volume de projetos de construção, o que cria no setor uma necessidade de aumentar a produtividade, diminuir o tempo de produção e reduzir custos com matérias-primas.


A Tecnologia ao serviço da Construção Civil

 
Para facilitar alguns trabalhos dentro da Construção Civil, começam agora a surgir alguns projetos interessantes que prometem grandes ganhos de eficiência.
 

Hadrian, o robô pedreiro

Lançado pela empresa Australiana Fastbrick Robotics, o Hadrian é um robô especializado em assentar tijolos. Com um braço telescópico articulado de 28 centímetros, pode assentar 1000 tijolos por hora em paredes estruturais ou vedações.
 
Segundo a marca, consegue substituir uma equipa inteira de operários, conseguindo trabalhar 20 vezes mais rápido que um humano para a mesma tarefa, e diminui o tempo de construção de uma habitação padrão, numa média de 6 semanas.
 
Para isso, basta apenas colocar na sua memória o projeto em CAD ou BIM, para que o robô o possa seguir. O Hadrian pode, também, aplicar argamassa e fazer o nivelamento com um valor mínimo de desnível.


Escavadora e drone Komatsu

A marca japonesa de escavadoras Komatsu lançou um modelo, guiado por tecnologia GPS, que consegue saber exatamente a que profundidade a pá está a escavar, diminuindo o erro do operador e não permitindo escavar abaixo de um nível pré-definido.
 
Além da escavadora, a Komatsu comercializa  um drone que permite sobrevoar o terreno da obra e, em menos de uma hora, criar um mapa detalhado do que foi feito e do que falta finalizar, permitindo, ainda, detetar erros antecipadamente.


A revolução do setor 

 
Com várias novidades tecnológicas a surgirem, várias serão as inovações que irão revolucionar o setor da construção civil. Mas que efeitos terá nesta área?
 

Equipamentos autónomos ou com controlo remoto 

Com equipamentos autónomos ou controlados à distância, é possível operar em  zonas de maior risco, reduzindo a possibilidade de ocorrer um acidente e aumentando a produtividade.


Robôs com sensores e inteligência artificial 

Com robôs equipados com cada vez mais sensores e munidos de Inteligência Artificial, será possível executar tarefas com precisão milimétrica e com um nível de erro muito reduzido.


Wearables 

Com o surgimento de weareables que aumentam as capacidades humanas, como é o caso dos exoesqueletos, as empresas poderão capacitar os seus funcionários para realizar mais tarefas, reduzindo esforço físico.
 

PRIMAVERA Construction - Gestão Eficiente de Projetos e Obras 

 
Entre, gradualmente, na Era Digital e comece por otimizar a gestão do seu negócio com o PRIMAVERA Construction.
 
Acabe com os projetos longos, complexos, com múltiplos intervenientes e listas extensas de materiais e ganhe um controlo rigoroso do tempo de execução e dos custos.
Partilhar
0 Comentários.
Mostrar comentários
Receba a newsletter com as nossas melhores histórias!