18.206.15.215
919 204 462Ligue Já!
Ou nós ligamos!Deixe os seus dados para contacto.
Seremos breves!
Horário - dias úteis das 9h30 às 18h30
Login
Conheça as soluções integradoras dos nossos ParceirosMarketplace
Blockchain

Como será o futuro no setor da distribuição?

O mundo da distribuição irá atravessar nos próximos tempos grandes evoluções. Se a evolução do comércio online tem colocado diversos desafios logísticos, a exigência de informação e rapidez de entrega por parte dos consumidores coloca um peso extra neste setor. Para enfrentar as novas premissas desta área, têm surgido novos conceitos e ferramentas como o Voice picking e o pick-by vision, as tecnologias imersivas, a robótica, os transportes autónomos e o blockchain. Esta última é uma das inovações que mais se tem destacado nos últimos tempos, sendo considerada pelos especialistas como uma das novidades mais relevantes para o futuro deste setor. Mas o que é verdadeiramente o blockchain e como poderá influenciar o mundo da logística e distribuição?

O que é o Blockchain?

 
O Blockchain é uma base de dados transparente e descentralizada onde todos os dados ficam registados, de forma imutável e acessível por qualquer pessoa. Em tradução literal, podemos interpretar blockchain como uma corrente de blocos, o que explica exatamente o funcionamento desta tecnologia. Sempre que é feita uma transação, é criado um novo bloco que, após validação em vários computadores, é adicionado à corrente por ordem cronológica, de forma cifrada e sempre ligada aos blocos anterior e posterior, tornando praticamente impossível qualquer ataque malicioso ou alteração não autorizada.
 
Para muitos, o blockchain ficou ligado às moedas virtuais, como é o caso do Bitcoin, no entanto, está também cada vez mais a ser usado noutras áreas, como é o caso da logística e distribuição.
 

Mas como poderá o blockchain influenciar o setor da logística e distribuição?

O setor da logística enfrenta hoje vários desafios. Se por um lado os consumidores exigem um tempo de resposta cada vez inferior, querem também aceder em tempo real a informações, saber onde está o pedido, por onde passou e qual a sua origem. 
Para os especialistas, o blockchain é a solução para muitos destes desafios, permitindo aumentar a eficiência, a segurança e a transparência de todo o processo logístico.

Transparência
No transporte de mercadorias, poderão ser dezenas ou centenas os diversos estados pelos quais uma encomenda pode passar, sendo por isso grande a probabilidade de alguma informação se perder no processo. Com o blockchain, todos os passos são registados numa corrente, estão organizados por ordem cronológica e podem ser acedidos por qualquer pessoa, tornando todo o processo logístico mais transparente. Desta forma, o cliente fica devidamente informado sobre toda a cadeia de abastecimento do seu produto.

Internet das coisas (IoT)
Aliado à transparência e à informação de toda a cadeia de abastecimento, o IoT poderá ser uma grande ajuda para aumentar a eficiência dos transportes. Com a utilização de diversos sensores, é possível assegurar todas as condições e informações da viagem, desde pontos de passagem a temperaturas dos contentores, ajudando a um maior controlo de todo o processo de entrega e assegurando a frescura ou qualidade das entregas.

Segurança
Sendo um processo que não possuí uma autoridade central, todas as transações registadas no blockchain passam por diversos computadores para serem validades e posteriormente guardadas de forma inalterável e encriptada na corrente. Devido a este procedimento, o blockchain apresenta uma segurança elevada, visto que, para atacar este sistema, seria necessário atacar vários computadores ao mesmo tempo e quebrar a ligação com os blocos interligados. Devido à baixa probabilidade de tal acontecer, é um processo considerado praticamente impossível de atacar.

Pagamentos e contratos
O blockchain poderá também ser uma grande ajuda em todo o processo contratual e de pagamento das mercadorias. Através dos Smart Contracts, é possível criar regras de pagamento dependentes de certos critérios, permitindo, por exemplo, que o pagamento seja feito apenas a partir de uma certa parte do processo logístico. Com esta ferramenta, tanto o cliente como o fornecedor conseguem aumentar a segurança na transação e reduzir o risco de fraude ou de problemas de entregas ou qualidade.
 

Quais os desafios para futuro do blockchain na distribuição?

 
Segundo a Gartner, até 2025, 20% das 10 principais cadeias de distribuição moderna globais vão usar o blockchain para garantir a segurança alimentar e a rastreabilidade como forma de aumentar a transparência na produção, qualidade e frescura dos alimentos, tendência essa que também se irá verificar em outras áreas da distribuição.

O blockchain destaca-se assim como uma tecnologia ideal para promover a transparência e visibilidade ao longo da cadeia de distribuição, entregando maior segurança às empresas e clientes no processo logístico.

Para muitos especialistas, este é um "game changer” para o futuro de várias áreas, mas que irá também impor alguns desafios. Sendo um processo imutável, existe sempre o risco de existir algum erro humano que não poderá ser posteriormente corrigido, levando à perda de veracidade na informação transmitida. Além disso, existe também o desafio de interligar as diversas soluções existentes atualmente, como é o caso do CRM ou ERP nas empresas com o blockchain, garantindo a passagem de todos os dados sem perdas no processo.
Partilhar
0 Comentários.
Mostrar comentários
Receba a newsletter com as nossas melhores histórias!