3.94.129.211
Login
Conheça as soluções integradoras dos nossos ParceirosMarketplace
919 204 462Ligue Já!
Ou nós ligamos!Deixe os seus dados para contacto.
Seremos breves!
Horário - dias úteis das 9h30 às 18h30

PRIMAVERA inaugura novo escritório em Luanda


Com presença em Angola há mais de 15 anos, a PRIMAVERA acaba de abrir um novo escritório na capital angolana com o objetivo de reforçar a presença da marca num mercado que atravessa uma fase de grande transformação no modelo tributário vigente, fruto da entrada em vigor do Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA) e da obrigatoriedade de utilização de software certificado. Localizadas numa das zonas nobres de Luanda (as Torres Loanda), as novas instalações estão preparadas para o aumento da equipa local, duplicam a capacidade de desenvolver ações de formação em contexto de sala e dispõem de um auditório que ser-virá de palco para eventos, seminários e conferências, e que os parceiros e clientes poderão utilizar.
 
O novo espaço foi projetado para desenvolver as equipas da PRIMAVERA, apoiar os mais de 70 parceiros responsáveis pela comercialização, instalações e apoio às soluções da marca no país e garantir as condições ideais para um trabalho de qualidade.
 
"A PRIMAVERA tem vindo a investir cada vez mais em tecnologia de apoio à digitalização dos processos de negócio e à formação dos quadros locais. Este upgrade ao espaço físico irá permitir pôr em prática uma estratégia de fortalecimento das relações com os nossos parceiros, com as entidades oficiais, com os nossos clientes e com a comunidade em geral”
 
José Simões, Country Manager da PRIMAVERA em Angola
 
A cerimónia de inauguração contou com a presença dos fundadores do Grupo, Jorge Batista e José Dionísio, de representantes de várias entidades oficiais como o Embaixador de Portugal em Angola, o Diretor da Agência para o Investimento e Comércio de Portugal (AICEP) e re-presentantes da Agência Geral Tributária Angolana.
 
Recentemente a PRIMAVERA disponibilizou ao mercado angolano uma nova versão das suas soluções de gestão, resultante de um investimento de 2,5 milhões de euros, que permite às empresas responder de forma ágil às novas obrigações fiscais decorrentes da entrada em vigor do IVA.