3.236.212.116
919 204 462Ligue Já!
Ou nós ligamos!Deixe os seus dados para contacto.
Seremos breves!
Horário - dias úteis das 9h30 às 18h30
Login
Conheça as soluções integradoras dos nossos ParceirosMarketplace
UX-Design
{alt:Rui Neto }

UX design, pormenores que fazem toda a diferença

 
O avanço da tecnologia e o aumento da concorrência no mercado faz com que os clientes sejam cada vez mais exigentes, esperem mais qualidade dos produtos e acabem por reivindicar uma melhor experiência com as marcas.
 
Nesse sentido, é essencial percebermos as necessidades e comportamentos dos nossos utilizadores: perceber como se sentem quando utilizam um produto, se foi fácil de usar ou até se corresponde ao pretendido.
 

Mas porquê falar de UX Design?

 
No desenvolvimento de plataformas digitais, que implicam a interação do cliente com a marca, temos que ter em conta a experiência do utilizador.
 
Como o próprio nome indica, UX (user experience) design é tudo que envolve a forma como qualquer utilizador interage com o mundo à sua volta.
 
Por outras palavras, se procuramos melhores resultados e a confiança dos nossos consumidores, devemos estar preparados para atender às suas necessidades e otimizar os pontos de contacto que ele estabelece com o nosso produto, para que este tenha uma boa experiência de utilização.

A este respeito, Don Norman afirmou:

   "User Experience é tudo! É a forma com que se sente o mundo, é a forma como se vive a vida, é a forma como se experiência um serviço, uma aplicação, um sistema de computador. Mas não é um sistema. É tudo!”


Um pouco de história


O termo User Experience surge em 1993 pela mão de Don Norman, quando este trabalhava na Apple.
 
Na época, os seus colegas afirmaram que ele teria criado o termo para compreender o que até então tinha sido descrito como pesquisa de interface humana.
Depois disto, o cargo de User Interface Architect (arquiteto de interface do utilizador), na Apple, foi alterado para User Experience Architect (arquiteto de experiência de utilização).

A afirmação mais conhecida do autor a respeito do assunto é a seguinte:

      "I invented the term because I thought Human Interface and usability was too narrow; I wanted to cover all aspects of a person’s experience with a system, including industrial design, graphics, the interface, the physical interaction, and the manual. Since then, the term has spread widely, so much so that it is starting to lose its meaning"
 
Don Norman


UX design e/ou UI design?


Nos tempos que correm ainda se confunde muito os termos UX e UI. A maior parte dos curiosos ainda pensa que os dois termos se referem ao mesmo assunto, no entanto, é necessário fazer uma distinção entre ambos:

• UX design (user experience) é o processo através do qual se procura encontrar a melhor forma de oferecer uma boa experiência de navegação e satisfazer as expectativas do cliente nos pontos de contato com a marca, e também uma forma de avaliar se os objetivos são alcançados de acordo com o que foi traçado no planeamento;

• UI design (user interface) está mais relacionado com o aspeto visual, ou seja, com o design de interfaces e o desenho das páginas web, aplicações, softwares, etc.

Geralmente, o profissional de UX cria os wireframes, faz testes e melhorias, convertendo-os, depois, em mock-ups.
 
Por fim, estuda o produto evidenciando ajustes a serem realizados para cada mercado. Em todas as etapas, a sua preocupação passa pela estrutura, geração de valor, e com a adaptação do produto às necessidades de cada utilizador.

O UI pode estar envolvido desde o início do processo, porém nas fases mais avançadas do desenvolvimento, deverá ser ele a assumir o controlo do processo.
Trabalha com diretrizes ditadas pelo processo anterior (UX) e com base nelas (preferências e condutas do público alvo), toma decisões sobre aparência e navegabilidade com o objetivo de simplificar a perceção do produto e agradar aos utilizadores.

"Contextualizando, podemos comparar o UI ao desenvolvimento front-end e o UX ao back-end”


Importância e Vantagens do UX Design


UX é essencial porque coloca a perspetiva do utilizador como a espinha dorsal de qualquer fluxo/experiência, seja ele um processo de compra, troca de informação ou teste.
Se incluirmos este pensamento no nosso processo de desenvolvimento e nos empenharmos em responder da melhor forma, o mais provável é que o nosso cliente se sinta satisfeito e mantenha ligação com a nossa empresa.

A experiência de utilização está diretamente ligada à forma como um determinado produto se comporta e é usado num ambiente real. Assim, uma experiência de utilização positiva acontece quando todos os stakeholders (utilizadores, clientes e fornecedores) estão satisfeitos com o produto. Neste processo o UX é essencial porque trabalha para que os clientes se sintam sempre bem.
 
Resultado disso é a fidelização dos clientes, eles tornam-se mais recetivos a melhorias, divulgando a marca a conhecidos e contribuindo para o refinamento dos produtos e serviços.

Generalizando, a grande vantagem que o User Experience nos proporciona são clientes mais felizes e satisfeitos.
 

Perspetiva do autor

 
Defendo que quanto melhor for a experiência do utilizador desde o primeiro contato com o produto, e aqui incluo também a parte emocional desses momentos, maior será a sua satisfação e mais provável a sua fidelização.
 
A experiência ao longo da utilização deve ser intuitiva, suave e agradável.

Em poucas palavras, a experiência deve ser prazerosa e útil para o cliente por isso, enquanto marca, é necessário reconhecer a importância de investir na experiência do utilizador!
Partilhar
0 Comentários.
Mostrar comentários
Receba a newsletter com as nossas melhores histórias!