100.26.176.182
919 204 462Ligue Já!
Ou nós ligamos!Deixe os seus dados para contacto.
Seremos breves!
Horário - dias úteis das 9h30 às 18h30
Login
Conheça as soluções integradoras dos nossos ParceirosMarketplace

O mundo “As a service”


Se até há pouco tempo a utilização de grande parte dos equipamentos e softwares estava vinculada a licenças de compra, caminhamos cada vez mais para soluções "as a service”, assentes no modelo Pay-per-use, com planos de subscrições.
 
Com a massificação do Cloud Computing (computação em nuvem) e das vantagens e oportunidades que dela advêm, o mercado caminha para a aposta nas soluções "as a Service”, uma tendência que traz muitas vantagens às empresas.

All as a Service (XaaS) - O que é?


A oferta de soluções "as a service” é, hoje, muito vasta. Basta recuar alguns anos para percebermos a génese deste modelo.
O renting de carros, por exemplo, tem por base esse mesmo conceito de utilização de um serviço.
 
Com a massificação do uso da internet, este modelo passou a ser aplicável a quase tudo.
Daí ter surgido o termo XaaS, conhecido como "Tudo como um serviço”.
Este termo surgiu precisamente para representar a tendência crescente de soluções baseadas no Cloud computing e assentes numa base de pay-per-use e entregues através da internet, em vez de uma distribuição local.
Ou seja, qualquer tecnologia e infraestruturas que antes eram adquiridas e utilizadas localmente pelas empresas, hoje podem ser utilizadas como um serviço que se subscreve por um determinado período de tempo.
 
As possibilidades de aplicação deste modelo são infinitas, como o próprio nome indica.
 
O conceito XaaaS tem como base o conceito matemático de X, que remete para um número infinito de possibilidades que podem ocupar o seu lugar, tal como acontece com as diversas possibilidades "As a Service” através da Cloud.
 
Embora este seja um termo que englobe vários tipos de soluções "As a Service”, existem três que se diferenciam no mercado e que se observam mais frequentemente:

   1. Software as a Service (SaaS) 

 

O SaaS é a utilização de um software através de Cloud Computing. Não requer a compra de uma licença de utilização do software.
Para usufruir do sistema basta subscrever o serviço por períodos de tempo renováveis.
O acesso ao serviço decorre através de uma ligação à Internet, por essa razão, o sistema está disponível a partir de qualquer localização, facilitando a mobilidade das equipas.
 
O modelo de utilização é muito semelhante àquele que vigora nas telecomunicações.
Mas além das telecomunicações, se pensarmos bem, todos já utilizamos sistemas informáticos como um serviço.
Pensemos no Skype, no serviço de email, no Google Drive ou serviços de armazenamento de dados na cloud.
Face aos benefícios deste tipo de serviço, cada vez é mais comum encontrar organizações que já só utilizam ERP, CRM e outros sistemas e gestão na cloud.

   2. Infraestruturas as a Service (IaaS)


IaaS é um método de fornecimento de computação, armazenamento, rede e outros recursos pela Internet. Este serviço permite que as empresas utilizem os equipamentos, ou seja, as máquinas, hardware, onde estão instalados os sistemas informáticos e armazenem os seus dados na web, sem a necessidade de comprar e gerir essa infraestrutura.
 
Com este tipo de serviço, é possível às organizações eliminar custos fixos de infraestruturas de TI e escalar conforme as necessidades, aumentando simultaneamente a segurança e a fiabilidade do hardware, aplicações e dados.
 

   3. Plataformas as a Service (PaaS)


PaaS é um ambiente completo de desenvolvimento e implementação na Cloud. Inclui a infraestrutura, o software e ainda uma plataforma de desenvolvimento onde é possível criar aplicações de gestão à medida das necessidades de cada empresa.
 
Neste serviço está incluída a infraestrutura (servidores, armazenamento e rede), mas também o middleware, as ferramentas de programação, serviços de business intelligence (BI), sistemas de gestão de bases de dados, entre outros.
Este modelo é ideal para organizações muito competitivas, que precisam de simplificar o acesso aos dados por parte das suas equipas.
 
Com o PaaS é possível reduzir os custos e a complexidade inerentes à compra e gestão de licenças de software, a infraestrutura de aplicações subjacente, as ferramentas de programação e outros recursos.
A organização gere as aplicações e os serviços que desenvolve e o fornecedor de serviços Cloud gere, tipicamente, tudo o resto. Um exemplo de PaaS é a OMNIA Platform.

Quais as vantagens do "XaaS” para as organizações?

Menores custos

 
Investir em tecnologia e recursos internos que colmatem todas as necessidades internas poderá exigir um custo elevado.
A tecnologia evolui a ritmo muito acelerado e torna-se difícil acompanhar esse ritmo.
Porém, recorrer à tecnologia é fundamental para garantir a competitividade.
A solução está na utilização da tecnologia como  um serviço.
 
Com a utilização de serviços na Cloud, as empresas podem reduzir os custos fixos interno centrados nas questões de TI, aceder a atualizações contínuas dos sistemas e usufruir de manutenção exímia dos sistemas, assegurada por profissionais especializados.
 

Flexibilidade e escabilidade


Outra grande vantagem do XaaS é a flexibilidade e escalabilidade, dado que permite às organizações contratar mais ou menos recursos conforme as tendências de crescimento ou queda do negócio.
 

Sem necessidade de manutenção


Uma vez que toda a gestão dos serviços é feita externamente através da cloud, não existe uma necessidade interna de preocupação com a manutenção dos sistemas, permitindo às organizações centrar os recursos no negócio propriamente dito.
 

Fácil acesso às novas tecnologias


Com o Everything as a Service (XaaS) as organizações conseguem reduzir o custo de investimento para a integração de novas tecnologias, permitindo usufruir das mesmas de forma simples e rápida, aumentando a sua competitividade face aos concorrentes.
Este modelo proporciona também uma maior adaptabilidade à realidade e exigências do mercado.
 

Mobilidade e produtividade das equipas


Estando todos os recursos, aplicações e dados presentes na Cloud, é possível às organizações disponibilizarem o acesso às informações relevantes sobre o negócio em qualquer lado, permitindo que as suas equipas disponham sempre de todos os dados críticos para o desempenho das suas funções. 
0 Comentários.
Mostrar comentários
Receba a newsletter com as nossas melhores histórias!