3.238.125.76
919 204 462Ligue Já!
Ou nós ligamos!Deixe os seus dados para contacto.
Seremos breves!
Horário - dias úteis das 9h30 às 18h30
Login
Conheça as soluções integradoras dos nossos ParceirosMarketplace
ebitda

O que é o EBITDA e como se calcula?

Desengane-se quem ainda acredita que o lucro é o único indicador do sucesso de um negócio. Apesar de decisivo, existem vários outros indicadores para avaliar o desempenho de uma empresa – cada um com objetivos diferentes. Mas se está à procura de conhecer a rentabilidade do seu negócio, então a solução é calcular o EBITDA.

O que é o EBITDA?

Earnings Before Interest, Taxes, Depreciation and Amortization é o que significa o EBITDA. Este indicador de análise de desempenho e valor das empresas mostra o quanto a empresa consegue gerar de lucro, sem considerar outros efeitos financeiros. Estes efeitos são, como o nome indica, os juros de dívida, os impostos, as amortizações e as depreciações.

Ou seja, o EBITDA mostra o lucro operacional bruto, cujo valor é útil para determinar, por exemplo, se um projeto se pode tornar lucrativo ou não.

No entanto, é importante perceber que o facto de não serem tidos em conta esses fatores, como os impostos ou empréstimos, significa que o EBITDA não serve para avaliar toda a realidade financeira de uma empresa, o que implica que uma empresa pode ter lucro nas suas operações, mas não estar tão bem no panorama geral devido aos fatores contabilísticos e financeiros.

Por que razão se calcula?

Qual é a verdadeira utilidade do EBITDA para as empresas? Apesar de, como referimos, o EBITDA não permitir medir toda a situação financeira e contabilística de uma empresa, tem algumas aplicações específicas, nomeadamente quando não há necessidade de ter em conta fatores que são de difícil medição e comparação ou que mudam consoante os países (os impostos, por exemplo). Tendo isso em conta, o EBITDA é usado porque:

1.Calcula o desempenho de uma empresa

Por não estar dependente de efeitos financeiros, o EBITDA mostra se o mecanismo de uma empresa funciona de forma eficiente. Ao analisar a rentabilidade proveniente da atividade operacional da empresa, é possível perceber a sua produtividade e o quão bem funcionará o negócio, sem influência de outros fatores externos.

2.Permite fazer uma análise objetiva

O EBITDA permite saber qual é o fluxo de caixa de uma empresa. Ou seja, mostra uma imagem mais clara e fiel do que a empresa ganha ou perde apenas com a atividade operacional. Uma vez que, para calcular o EBITDA, são retirados os itens não monetários, como as depreciações e amortizações, bem como os gastos relacionados com financiamento, este indicador permite deduzir a capacidade de a atividade da empresa gerar movimentos de cash flow (fluxo de caixa) e liquidez.

3.Permite comparar a sua empresa a outras

Este indicador pode ser utilizado para identificar empresas que sejam as mais eficientes dentro de um determinado segmento de mercado. Isto acontece, porque o EBITDA não é afetado por todos os efeitos externos à atividade operacional: os impostos de cada país ou os custos de amortização, por exemplo.

4.É um indicador útil para investidores

Os investidores usam o EBITDA como mecanismo para perceber a rentabilidade da atividade onde pretendem investir, individualmente e em comparação com outras empresas do mesmo setor ou de setores diferentes.

Como se calcula o EBITDA?

Calcular o EBITDA partindo do resultado líquido

resultado líquido (ou lucro ou prejuízo) consiste em deduzir à totalidade dos ganhos a totalidade das despesas, incluindo os juros, os impostos, as depreciações e as amortizações. Para chegar ao EBITDA, neste caso, será necessário voltar a somar estes valores ao resultado líquido para serem excluídos:

  • EBITDA = Resultado líquido + Juros + Impostos + Depreciações + Amortizações

Calcular o EBITDA partindo do EBIT

Por este método de cálculo, será necessário, em primeiro lugar, perceber qual é o EBIT ou o resultado operacional líquido. Este conceito representa os lucros antes de juros e impostos

  • EBIT = Vendas – Custos – Despesas de operação

Para chegar ao EBITDA:

  • EBITDA = EBIT + Depreciações + Amortizações

Diferença entre EBITDA e EBIT

O EBIT (Earnings Before Interest and Taxes ou, em português, rendimentos antes de juros e impostos) é um indicador semelhante ao EBITDA, mas considera no seu cálculo a influência das depreciações e amortizações, permitindo perceber como se comportam os resultados de uma empresa tendo em conta os ativos fixos que comprou para levar a atividade a cabo.

No caso do EBITDA, como as depreciações e amortizações podem variar muito com o tipo de investimentos e as respetivas taxas aplicadas entre empresas, afetando uma análise direta da sua rentabilidade operacional e impossibilitando uma comparação correta, estas não são tidas em conta.

Controle a eficiência da sua empresa sem esforço

Uma das formas mais simples de perceber em que ponto está o seu negócio recorrer a soluções de gestão. E melhor do que ter sempre os resultados atualizados, é tê-los em tempo real, a qualquer hora e em qualquer dispositivo. Isso apenas acontece com um software cloud.

Com o ROSE Business Management acompanha todos os indicadores do seu negócio e acede a resultados da contabilidade, vendas, contas correntes ou impostos em qualquer altura. O ROSE BM está dotado de mecanismos inteligentes que permitem prever resultados com base nos dados do histórico.

Com este ERP Cloud inteligente é mais fácil antecipar resultados. A solução disponibiliza indicadores de performance dos vários serviços e previsões de resultados, que ajudam a tomar sempre as melhores decisões, na altura certa.

Usufrua das vantagens que só um ERP Cloud tem para lhe oferecer! Conheça o ROSE BM.

Receba a newsletter com as nossas melhores histórias!