Usufrua de um serviço de suporte de excelência.
Uma rede de mais de 400 Parceiros especializados e certificados na implementação e suporte às soluções PRIMAVERA garante um serviço de assistência da máxima qualidade. Encontre um Parceiro perto de si. Pesquisar
Precisa de Ajuda?
Tem dúvidas sobre a modalidade de suporte mais adequada ao seu negócio? Nós ajudamos! Pedir contacto
A iniciar em breve
Segunda-Feira, 23 Outubro
Lisboa
Online
Online
Online
Terça-Feira, 24 Outubro
Lisboa
Online
Online
Online
Quarta-Feira, 25 Outubro
Online
Online
Online
Quinta-Feira, 26 Outubro
Online
Online
Online
Sexta-Feira, 27 Outubro
Online
Online
Online
Segunda-Feira, 30 Outubro
Braga
Online
Online
Online
Terça-Feira, 31 Outubro
Braga
Online
Online
Online
Quinta-Feira, 02 Novembro
Online
Online
Online
Sexta-Feira, 03 Novembro
Online
Online
Online
Estatutos da Parceria
Saiba Mais
Encontrar Parceiro
Login
Conheça a nossa oferta de forma mais detalhada aqui Consultar
Conheça as soluções integradoras dos nossos Parceiros MarketPlace
919 204 462 Ligue Já!
Ou nós ligamos! Deixe os seus dados para contacto.
Seremos breves!
Horário - dias úteis das 9h30 às 18h30

PRIMAVERA BSS e IDC analisam Business Analytics em colóquio

Evento reuniu empresas de vários setores e organismos públicos para discutir a otimização de negócios assente em software de analítica de dados

A PRIMAVERA BSS e a IDC juntaram-se no Centro Cultural de Belém, para abordar e debater, com um painel de figuras do mundo dos negócios, soluções de gestão tecnológica otimizadas para médias e grandes empresas em Portugal.

Gabriel Coimbra, Country Manager da IDC e moderador deste debate, abriu a sessão com a abordagem à terceira plataforma, que desafia cada vez mais as empresas a transformarem-se e a reinventarem-se no âmbito digital, referindo que "na era do big data e do analytics o segredo está em conseguir tirar partido da informação para criar valor para os negócios. Só este ano prevemos que o Business Analytics atinja mais de 70 milhões de Euros, o que representa um crescimento anual de 4,9%.”

A sessão recebeu ainda, Ângela Brandão, vice-presidente da PRIMAVERA, que reforçou os objetivos da tecnológica para com os seus clientes e parceiros, "na necessidade de desenvolvimento de estratégias de gestão baseadas em maturidade Analytics, de forma a poder-se evoluir e responder aos novos desafios propostos pela era digital” e acrescentou ainda, que "a solução passa por ser standard e especializada, para diferentes ramos, podendo ser uma base à gestão de grandes volumes de dados e à tomada de decisões estratégicas”.

De seguida, foi apresentado o Case Study do Grupo FHC Farmacêutica, que utiliza um software de gestão produzido pela PRIMAVERA, integrando todos os dados e processos de informação da farmacêutica num sistema único e que segundo o seu responsável de TI, José Miguel Simões "é sem dúvida uma plataforma pilar que monitoriza e enriquece os parceiros de mecanismos de controlo, em tempo real, podendo consultar na área restrita do nosso website, todos os dados relativos às vendas dos seus produtos”.

Com o mote "A Importância do Business Analytics para as Médias e Grandes Empresas em Portugal” esta sessão terminou com um painel de discussão, entre figuras da área dos negócios e do desenvolvimento em IT como José Ribas, Diretor de Projetos IT e Desenvolvimento da Parfois, Fernando Bação, Vice-Presidente da NOVA Information Management School, Lurdes Coutinho, Diretora de Serviços da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte, Nuno Queirós, Diretor de Soluções da PRIMAVERA BSS e Paulo Caetano, representante do IT Governance & Business Intelligence da NOS que concluem a abordagem ao Business Analytics com base numa atitude mais experimental, adaptando o saber e conhecimento dentro das organizações para a transformação digital.

"A IDC prevê que em 2020, a nível mundial, todos os setores económicos, desde a indústria, passando pelo retalho, banca, seguros, energia, turismo, e até a saúde, serão liderados por empresas com uma forte presença na economia digital. As empresas que irão liderar serão aquelas que consigam reunir, em menos de 5 segundos, toda a informação relevante para a tomada de decisões”, concluiu Gabriel Coimbra.